sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Mais uma semana que trago um Leitor Famoso aqui para o blog! Quem é o da vez? Se trata do Ednelson, um leitor de blog e, mais que isso, um amigo.
Vamos conhecê-lo melhor? Vocês irão adorá-lo!

"Olá, meus caros e minhas caras...

Como vocês já conseguiram perceber, falar de modo um pouco arcaico é uma mania minha que ataca de vez em quando, não é porque ache exatamente “bonito” falar assim, isso simplesmente acontece sem o meu total consentimento. Já cheguei até a ser alvo de piada por usar a palavra elucidar em uma conversa informal.

Sou um dos colaboradores no blog literário Leitor Cabuloso, contudo, antes de escrever nele, já desenvolvi alguns textos para o Apogeu do Abismo e depois, em conjunto com a minha amiga Priscilla Rúbia (que agora está no Leitor Cabuloso também), fiz parte do Policial da Biblioteca. Fiz muitos amigos nesse caminho até o meu atual “lar” no ciberespaço e sou muito feliz por isso, além de que aprimorei bastante a minha escrita com a ajuda de várias pessoas. As amizades que fiz incluem alguns escritores, algo que considero mágico, pois é indescritível a sensação que experimentamos ao dialogar com quem faz as nossas imaginações saltarem de felicidade.

Desde pequenino sou fascinado por histórias de terror e suspense, comecei assistindo filmes como “Brinquedo Assassino” e “O Mestre dos Brinquedos” por volta dos meus cinco anos de idade, eu guardo recordações dessa época. Obviamente a minha introdução às histórias foi por meio do cinema, como já lhe disse, porém a curiosidade (a versão sadia que nos motiva a pensar sobre as coisas e não a danosa que alguns vizinhos tem frequentemente) impulsionou-me aos livros. Sei que li algumas histórias infantis, mas realmente não sei apontar qual foi o primeiro livro.

Aos treze anos foi que comecei a ler grandes romances e não estou falando apenas em complexidade de trama, mas em tamanho realmente, visto que foi nesse momento que um vizinho, com o qual costumo conversar muito sobre livros e cinema, apresentou-me a dois autores que amo: Stephen King e Clive Barker. Imediatamente os dois se tornaram residentes fixos em meu coração, quando ainda costumava ser exibido no canal Band a sessão de filmes de terror trash “Cine Sinistro”, acompanhavam-me pela madrugada e suas histórias lidas na penumbra (será que isto foi o estopim para a miopia que sofro?) me traziam um deleite incrível! Durante a adolescência foi bastante perseguido por gostar de ler e debater em sala de aula, mas estou aqui, vivo, são e continuando a caminhada.

Hoje em dia diversifico um pouco mais em minhas leituras, mas não nego que amo mais Terror, Suspense e Fantasia, entretanto, como sou um romântico assumido, mas ainda solteiro, não abro mão de um drama bem escrito e uma história romântica de vez em quando. Acreditam que já me perguntaram se existo de verdade? Não, eu não sou belo como vocês podem conferir na foto do início do post, mas é realmente incomum encontrar um homem que se admita como romântico e adore terror, concordam? Às vezes gosto de pensar que sou uma versão menos glamorosa do “Fera” em busca de uma “Bela”, estão vendo...o romantismo atacando. Todavia, ainda há mais uma característica minha que costuma surpreender: sou o que gosto de chamar de “Comediante do Absurdo”. Por exemplo: Estou caminhando na rua, vejo uma placa torta e começo a imaginar uma situação cômica em cima daquilo, assim como costumo fazer piadas repentinas, quando as pessoas menos esperam. É, sou mais estranho do que vocês provavelmente pensavam no começo, mas gosto de conversar com as pessoas e não mordo.

Acreditam que ainda falei muito pouco sobre mim, mesmo tendo escrito isto tudo? É, gosto de falar muito também, mas compenso tudo com dedicação aos amigos e pessoas que amo.

Abraços a todos! Beijos, Came! Obrigado pelo espaço a que fui convidado, você é uma garotinha muito carinhosa. Posso deixar um clipe de presente ao pessoal? É uma música que tem tudo a ver comigo. Caso queiram conversar mais não deixem de me procurar no Twitter, Facebook ou no blog.

Ah, sim...a música...olha aqui:


Obrigada por participar da coluna Ednelson! 

Quer aparecer? Mande uma foto sua com um livro, juntamente com uma descrição sobre você/seu blog e suas preferências literárias para resenha.leitora@gmail.comVai ser um prazer mostrar mais um leitor do blog!
Reações:
Categories:

3 comentários:

  1. Legal Came!!! Super bem escolhido o Ednelson!! Muitas coisas para contar e o texto ficou muito bem escrito!!!!!

    O modo arcaico de falar ja estou acostumada pelo meu irmão também falar muito assim, eu acho bem bacana.... e bela postura em se assumir romântico! O mundo precisa de mais homens assim... rsrsrsr


    bjos para vcs!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é Ana?! O mundo precisa de mais homens assim, assumidamente românticos!

      Beijos

      Excluir
  2. Caramba... terror... e vc via Brinquedo assassino... eu bem que tentei, mas ea muito nova e impressionável, não deu certo. XD
    Não li nada de seus autores preferidos, mas tenho curiosidade com o King.
    Realmente raro um romântico assumido, mas não impossível (meu marido tb é. XD)
    Acho que essa questão com placas tortas lembra um pouco o que eu costumo fazer. hehe
    Só não sou nem um pouco falante. hahaha
    Adorei seu texto, em especial "meus caros e minhas caras..." lembra um personagem do qual gosto muito. =)
    E sorte na espera por sua Bela. =)

    ResponderExcluir

Assine nosso Feed! Skoob! Siga-nos no Twitter! Facebook!