quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Coluna nova no blog! Estou trazendo algumas indicações que vocês, leitores deste blog, sugeriram na Pequisa de Público. Ou, ao menos, estou me inspirando nos seus pedidos.

A coluna "De onde saiu?" é original do blog RLeitora, que traz a origem de elementos fantásticos utilizados na literatura.
Vou começar com um assunto que fascina a todos! Os Dragões!


Segundo o livro “O Grande Livrodos Seres Fantásticos”,
“Os dragões estão entre os seres mais conhecidos na mitologia universal. Talvez não exista outra raça de seres que, durante milhares de anos, tenha atemorizado ou emocionado tanto os homens como os dragões, dos quais se contam muitas histórias.”
“Podem ter diversas formas e ser de tipos variados: de vermes enormes ou serpentes gigantescas a répteis imensos com corpo de crocodilo. Todos, porém, têm pontos em comum: o apetite é sempre muito voraz!”
“É possível encontrar dragões vivendo na água; assim, suas grutas ficam sempre junto a um rio ou a um lago, protegidas atrás de cascatas.”

É interessante analisar que os dragões possuem, em cada cultura, uma simbologia diferente - por isso na cultura chinesa é sinal de força e na cultura persa era sinal de destruição.

Os ossos de dinossauros contribuíram para o mito do dragão - por isso é tão antigo! Vamos ver o dragão sob as perspectivas de algumas culturas?

Cultura Celta: o dragão é o ser mais completo que existe: o fogo que sai de sua boca, a terra onde anda, a água que é seu abrigo, o ar que permite a liberdade (se quiser saber mais, pode pesquisar os mitos de Cúchulainn e Sláine).

Cultura Chinesa: o dragão é considerado um dos animais sagrados da criação do mundo. É diferente do ocidental, um misto de vários animais místicos: olhos de tigre, corpo de serpente, patas de águia, chifres de veado, orelhas de boi, bigodes de carpa (alguns trazem cabeça de cavalo). Simboliza a sabedoria.

Cultura Asteca: serpentes emplumadas endeusadas.

Cultura Cristã: Maior influencia da nossa visão sobre os dragões. Relacionado a serpente, mal e caos. Inimigos do povo de Deus.

Cultura Brasileira: há o Boitatá. Uma cobra gigante, defensora das matas que cospe fogo.

Com tantos mitos milenares, não é de admirar que os dragões façam nossa cabeça até hoje!


Pokémon: Charmander / Charizard *-*


Vou contar um segredo: seu ponto fraco é a barriga – já que não é coberta de escamas. Então é só cravar sua lança nesta parte do corpo e matá-lo!

Obras relacionadas aos dragões:

       
Reações:
Categories: ,

16 comentários:

  1. Ótimo post ^^
    Adorei, só conhecia o dragão pela cultura chinesa e cristã, bem interessante. Parabéns ^^
    Mais fala ai, quem mataria dragões como charmander ou até mesmo o Fúria da Noite do filme Como treinar seu Dragão *-* Taaaão Lindo.
    Beijos
    Brubs
    Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Brunaaa!
      Que bom que gostou do post!
      Pois é, o Charmander é tão lindo que não dá coragem de matar né! *-*

      Beijos

      Excluir
  2. Muito legal o post!! Adoro essas figuras fantasticas!!!!
    Voce ja leu como treinar seu dragão???? queria saber sua opinião... :D
    (safadinha eu né? rsrsrs)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Não li ainda este livro, não!
      Mas a dica está anotada para leitura! :D

      Fiquei feliz que gostou do post!
      Beijos

      Excluir
  3. Realmente a ideia de elucidar a origem de alguns ícones da literatura fantástica é muito interessantes. Parabéns pela coluna inovadora, será muito bom acompanhar as suas investigações pelos mundo mágico xD

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ednelson!
      E obrigada pelas dicas constantes.
      Beijos

      Excluir
  4. Nem preciso dizer que adoro isso de como cada cultura vê determinada coisa e lhe dá determinado significado!
    Quando vim ler aqui seu post me lembrei do dragão do Rhage em IAN (pois não lembro de ter lido algum livro específico com esses seres)!
    Obrigada pelas dicas de leitura tbm!
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su!
      Pois é, acho muito interessante essas diferenças...
      Também lembrei do Rhage, mas como não fala do dragão em si, não coloquei.

      Beijos

      Excluir
  5. Dragões são realmente seres fascinantes, faz tempo que não leio um livro que tenha dragões como personagens.

    ResponderExcluir
  6. Muito criativa a coluna!! Parabéns!! Fiquei curiosa para saber qual será a próxima criatura mágica!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fraaaaaaan!
      Obrigada :D
      Ahh, fica de olho que tu vai gostar *-*

      Beijos

      Excluir
  7. Legal a nova coluna!!!
    Não conhecia toda essa variedade, mas convenhamos que essa mistureba de dragão chinês é bem feinha.
    Concordo que é impossível matar o Charmander mesmo que ele esteja sendo mega teimoso. =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Prometo que na próxima, eu trago uma coisa mais bonitinha! kkkk

      e o Charmander é tudo de bom ♥

      Beijos

      Excluir
  8. Ai que legal adorei saber mais sobre dragões,já li como treinar o seu dragão e muito fofo.

    ResponderExcluir

Assine nosso Feed! Skoob! Siga-nos no Twitter! Facebook!