quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012


 Vou falar de uma obra que eu mencionei aqui, e é um lançamento da Editora Modo.

 REGÊNCIA DE OSSOS

Autor: Marcelo Paschoalin
Editora: MODO Editora Tradicional
Gênero: Romance Sobrenatural
Capa: Marcelo Paschoalin
Ilustração de  Teddy Soegiarto


SINOPSE:
 O autor de A última Dama do Fogo nos traz mais uma fantástica aventura! Houve um tempo em que a Necrópole de Amtal se restringia a atacar os que ousavam se afastar demais... Houve um tempo em que o povo de Dunir podia confiar na proteção da Guarda Real e na justiça de sua rainha... Esse tempo passou. No céu, apenas nuvens negras. Poderá uma jovem erguer sua voz e clamar em nome de seu povo ou o sangue dos vivos servirá apenas para saciar a sede daqueles que retornaram do reino dos mortos? Para mudar, é preciso aceitar. Para verdadeiramente ser, é preciso acreditar.


SOBRE A OBRA:
“Regência de Ossos” se passa no mesmo universo fantástico dos livros “A última Dama do Fogo” e “Eriana: Filha da Morte e Vida”, e conta a história de um reino ameaçado pela presença de uma cidade de mortos-vivos, cujas legiões devastam o campo, e dos esforços de uma jovem que luta para que o povo seja ouvido. É uma história de mudança – que só vem com a aceitação – e de transformação – que só ocorre quando se acredita. Quando os mortos-vivos se erguem, podemos ser fortes o bastante para enfrentá-los ou sucumbiremos em nossa busca pelo que desejamos?


SOBRE O AUTOR:
Tudo começou com muita leitura, principalmente por incentivo de meus pais. Foi ainda criança que tive contato com Jules Verne e Sir Arthur Conan Doyle, até mesmo antes de conhecer Pedro Bandeira – que abriu meu caminho para a literatura nacional, dos clássicos aos contemporâneos.
Um momento que guardo com muito carinho foi quando um leitor, comparecendo a um de meus lançamentos, disse-me que era fã dos meus escritos e me disse que leria todos os livros que eu lançasse. É algo que eu nunca vou esquecer.
A inspiração está em todo lugar. É uma cena de um filme, um olhar de relance pela paisagem, é uma notícia que lemos... Tudo é fonte de ideias, e elas formam a base de qualquer escrito.
Meu único ritual antes de começar a escrever um livro é fazer uma diagramação prévia das páginas para que eu tenha a impressão real de estar dando vida ao livro e depois exportar o arquivo para meu smartphone. Sempre escrevi em smartphones, pois adoro a liberdade que proporcionam – é algo que só se percebe quando se está sob a sombra de uma árvore vendo os pássaros voando e tendo a oportunidade de capturar o momento em sua escrita.

UM RECADO DO AUTOR PARA SEU PÚBLICO LEITOR:

Em primeiro lugar, muito obrigado por me permitir falar um pouco sobre mim e sobre meus livros. Um espaço como este é maravilhoso para que o autor possa iniciar um diálogo com seus leitores e, aqueles que quiserem conhecer meu trabalho, poderão acessar http://www.letraimpressa.com.br além de conversar comigo pelo twitter @letraimpressa. Fico muito feliz em poder discutir com os leitores dos meus livros, pois sempre há uma troca de ideias fantástica – afinal, a história deixou de ser minha quando o texto foi lido por outro.
 







Não deixe de sempre visitar o blog... Você é muito bem-vindo!!
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Assine nosso Feed! Skoob! Siga-nos no Twitter! Facebook!