segunda-feira, 8 de julho de 2013

"- Queria poder ter meu velho Jimmy de volta. Você não faz ideia de quanta falta sinto dele.- Como você pode esperar que eu seja o mesmo quando (...)? Você também não e a mesma Belle com que me casei. Qual desculpa você tem para isso?" 


"Uma mulher dividida entre o compromisso e o calor de um relacionamento passado." No início da Primeira Guerra, Jimmy, o marido de Belle Reilly, é levado para as trincheiras mortais do norte da França e Belle percebe que não pode ficar de braços cruzados quando tantos estão sacrificando suas vidas. Armada de coragem e boa vontade, ela se torna voluntária como motorista da Cruz Vermelha, também na França.
Então, enquanto cumpre seu dever humanitário, um trágico acidente lhe coloca frente a frente com Etienne — o homem que fez parte de seu passado e a quem nunca esqueceu completamente.
Dividida entre a paixão proibida por Etienne e a lealdade e o amor por Jimmy, Belle encontra-se em uma situação impossível. A confusão de seus sentimentos, misturada à escuridão da mais brutal das guerras, a levará a sucumbir para sempre, ou a força da vida será maior e a conduzirá, finalmente, à verdadeira felicidade?

O livro é a continuação de " Belle" e fui descobrir isso muito tempo depois.
O livro conta a estória de Belle Rylleis, que é casada com Jimmy, o marido mais perfeito que pode existir. Livre e feliz, ela tem sua própria chapelaria, casamento perfeito e outras tantas coisas para lhe alegrar e fazer com ela esqueça o passado. A Primeira Guerra Mundial se aproxima, e por pressão social, Jimmy se alista. Belle não queria isso, não como ela estava, grávida do primeiro filho deles, mas fatos acontecem e ela se vê se voluntariando para guerra também.
E como de praxe não direi mais nada dessa estória, pois é assim que se inicia o livro.
Ao iniciar o livro, me apaixonei de primeira, apesar dos spoilers por ser uma continuação, o livro me conquistou.Pela protagonista, pelo Jimmy, pela Mog , Miranda,e todos os outros, além do enredo, mas por algum motivo a autora enlouqueceu e despencou com o livro.
Um fato que ocorreu me deixou simplesmente desgostosa, o livro que tinha tudo para se tornar queridinho, um dos meus favoritos despencou do meu conceito. A autora cometeu uma atrocidade com uma personagem que eu amava, embora esse fato serviu para desencadear outros fatos, não o achei necessário. Algumas coisas poderiam ter surgido de outra forma na história, mas sendo assim  toda a estória despencou e todos os personagens também.
Belle é uma protagonista extremamente forte, apesar da narração em terceira pessoa, nos vemos sempre unidas e dentro de sua mente e coração, me emocionando muito com ela. Ela é a prova viva de que os traumas nos tornam pessoas melhores. Ela é amável e dá inúmeras provas de seu grande coração, ganhando assim amizades sinceras e homens apaixonados. Mas em alguns momentos, principalmente após o " despencamento" eu não aprovei sua atitude, ela me deixou simplesmente irritada, muito chateada mesmo, mas no fim ela se redimiu e eu a compreendi de coração.
Jimmy é o tipo de homem perfeito! Nos guiando pela época em que o livro se passa, ele sempre se dá como um homem atual de mente aberta e coração também. Eu sou apaixonada pelo Jimmy, pela sua beleza, pelo seu amor e carinho com todos, e não mereceu algumas coisas que aconteceram com ele durante o livro. Mesmo em alguns momentos ele tendo atitudes que embora expliquem, não justificam, eu continuo o amando.
Etienne foi o meu maior problema nessa leitura, eu não sei se eu o amo ou odeio. Suas atitudes embora belas foram muitas vezes egoísta e isso me incomodou demais. Mas acho que ele só ama alguém que ao meu ver não deveria amar, mas definitivamente não foi meu personagem adorado.
Raramente comento sobre os personagens secundários, mas Miranda Forbes- Alton, que se torna melhor amiga de Belle merece o destaque. Assim que ela apareceu na estória ela me conquistou, sua personalidade ímpar, sua coragem, audácia, ousadia, força, vitalidade, beleza e coração me fizeram ama-la e ela foi um dos motivos de eu ter me magoado com livro.Odiei o que a autora fez com ela.
A narrativa de Pearse é extremamente gostosa, fluída e bem fácil de entender, apesar de achar que alguns momentos ela se alongou demais.Ela nos passa uma riqueza de detalhes sobre a guerra que nos choca e nos emociona como poucos autores em terceira pessoa são capazes de fazes.
A capa do livro é bela, repleta de texturas e se encaixa perfeitamente com o livro. O cuidado com a revisão, fonte e detalhes internos muito me agradou e tornou a leitura mais bela.
O livro é bom, mesmo com a decepção, no fim acabei compreendendo que o final era para Belle e não para os outros personagens da estória. Pretendo ler o Belle e o Roubada, outros livros da autora.

" -É nos maus tempos que insistimos em pensar ou nos bons momentos que nos alegram durante os maus tempos?(...)"

Reações:

6 comentários:

  1. Oi Ana!
    Então tenho o Belle maaaas ele foi um livro mto difícil pra mim. Levei eras lendo pq largava e ñ tinha vontade de pega-lo novamente, por isso, talvez eu nao sinta nenhuma atração em ler a continuação.
    Pela tua resenha percebo que é melhor eu nem tentar pq vou querer tacar o livro na parede kkkkk
    Mas gostei da resenha e da sua opinião, eu acho q a autora deveria ter parado no Belle mesmo >.<
    Bjus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinceramente? Não li o Belle, o lerei quando der!
      Obrigada por comentar!
      Ana.

      Excluir
  2. Oi, Ana.
    Então, li Belle e amei o livro. Já esse, não sei se leria.
    Não pela resenha, mas já li a sinopse e alguns trechos soltos... Não me atraiu. =/
    Bom, gostei da resenha.

    xoxo

    Books & Emotions
    books-and-emotions.blogspot.com.b

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda lerei o Belle, então vou ter outra opinião!
      Beijos,Ana.

      Excluir
  3. Oie

    Eu li Belle e gostei tanto..... tenho medo tbem de ler este e não gostar do que aconteceu com os personagens, que eu acho, que estavam com um final bem bacana no primeiro!
    Então, eu gostava tanto do Ethiene... :-?
    A autora me ganhou tbem com a narrativa, mesmo sendo um livro grande, li bem rapidinho!!!

    bjoooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consigo gostar do Etienne, mas ta valendo...
      Eu ainda não li o Belle, mas o farei!
      Beijos e obrigada!

      Excluir

Assine nosso Feed! Skoob! Siga-nos no Twitter! Facebook!