domingo, 9 de dezembro de 2012

Sete anos de escuridão, fome, desespero e solidão...
Jacques Dubrinsky, irmão do príncipe dos Cárpatos, foi capturado, cruelmente torturado e enterrado vivo. Durante sete anos, preso naquele buraco, alimentando-se do sangue de ratos, somente uma coisa o mantinha vivo: o desejo de vingança. Havia um traidor.
E ele descobriria quem era.
O tempo já não significava mais nada. Ninguém sabia da sua existência. Até que ele sentiu a presença de uma mulher misteriosa e sensual em sua mente. Depois de tanto anos, um contato...
Quem era ela? Seria ela a traidora?

Usem luvas para o calor! Este livro é quente demais!

E olha que as cenas de sexo não são tão explícitas, como tantas outras obras! É que as cenas são sensuais e quentes, mesmo!

Vamos à história:
Jacques foi traído, torturado e enterrado vivo. 7 anos – este foi o tempo em que ele permaneceu dentro de um caixão, se alimentando de pequenos animais que conseguia atrais por um pequeno buraco na madeira. Foram 7 anos de dor e agonia. E é aí que Shea aparece.
Shea é uma cirurgiã renomada que perdeu a mãe para a loucura quando tinha 18 anos. Quando é procurada por alguns homens – que afirmam sobre a existência de vampiros, nota que eles a querem e acaba fugindo, considerando-os dementes. Afinal, vampiros não existem. Certo? Não é bem por aí...
Quando ela foge, se sente impelida a ir a determinado local, como se algo a estivesse chamando. Descobre a tumba de Jacques e o consegue tirar do local. Bem, é a partir que a trama desenvolve, mesmo.

Posso dizer que o livro é quente! Jacques e Shea tem muita química, sério. Mesmo quando não há uma cena de sexo, a sensualidade do casal fica evidente. Quando os dois encostam, sai faísca – muito mais quente que o primeiro livro da série!
Ah, Shea é especial e demora a perceber e entender o que realmente é. Não posso escrever mais nada, se não perde a graça.
Vou fazer uma reclamação: Não só em relação aos Cárpatos, mas aos sobrenaturais em geral. Os homens podem ser muito sexys, quentes, lindos e tudo mais. Mas são (pelo que tenho lido) uns machistas, possessivos, mandões, controladores. Sério, eu não teria paciência para um cara assim – por mais sexy que fosse! Claro que este é o caso de Jacques...

Muitas pessoas não gostaram do “Príncipe Sombrio” – eu gostei. Mas digo que mesmo estas que não foram muito com a cara do Príncipe, vão sentir um desejo (olha o trocadilho) pelo Jacques. Ou seja, este é melhor que o anterior.
O amor entre os dois é muito rápido, com uma ligação inexplicável. Aliás, me deixe divagar um pouco... O que acontece que, ultimamente, em quase todos os livros que leio há um amor imediato? E não estou falando de adolescentes como foi o caso de Almas Seladas. Acabou o momento de divagação.
Tenho que dizer que desta vez o livro ficou muito bem revisado, melhor que o primeiro. Não encontrei erros, fazendo com que tudo fluísse de forma agradável. A obra traz, ainda, algum suspense, gerando dúvidas a todo instante, deixando muitas hipóteses e pouca certeza do leitor.
Desejo Sombrio continua como no primeiro livro da série: muita descrição de locais e pensamentos e menos cenas de diálogo. Às vezes cansa tanta descrição. Cenas sensuais são ótimas – exatamente pela descrição. Contradição que faz sentido, acredite.

Pontos Positivos: Revisão melhorou; ótimas cenas sensuais.

Pontos Negativos: Excesso de descrição de locais; machismo do protagonista.

Eu recomendo esta série. Vocês já sabem disso, faz tempo!
Reações:

10 comentários:

  1. Já ouvi falar desta serie mas li uma resenha tão negativa dele que acabei não lendo o 1° livro...mas agora acho que vou reconsiderar isso \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suh!
      Eu também li muitas críticas ao primeiro livro, mas gostei.
      Este livro é melhor que o primeiro... Mas é questão de ler e opinar neh...

      Beijos

      Excluir
  2. Oi Came!! Uhuuuu acho que para variar um pouquinho, vou ler essa serie tbem!!!!!! Gosto livros "calientes"!!!!

    Esse é o 2. da serie? bjuuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Este é o segundo da série, sim!

      Tomara que você goste *-*

      Beijos

      Excluir
  3. Oi Came.
    A bronca é usar luvas para não queimar as mãos neste calor de matar. kkk
    Eu tava curiosa com o Príncipe, mas nem sabia que ele estava com a reputação em baixa, haha. No entanto este tal Jacques chamou mais atenção. Caramba o tadinho ficou enterrado por 7 anos, ele é o cara. hahaha. E mesmo assim não sai menos machista, talvez seja o caso de trancafiar ele um pouco mais. (brincadeira)
    Concordo contigo que pode ser sexy sem estar no topo do machismo.
    Shea foge de uns malucos para se deparar com o ser que não existe, isso sim é destino. =)
    Vou marcar no skoob, se eu lembrar é claro.
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Espero que goste do livro, se o ler. Jacques é um pouco complicado, mas a gente acaba simpatizando com ele.

      Beijos

      Excluir
  4. Olá, Came...lá vou eu comentar na resenha de um livro erótico, não costumo ler o gênero, mas tenho curiosidade.
    Um comentário sobre a sinopse: um vampiro ficar enterrado por sete anos é para sair e estraçalhar quem fez isso kkkkkkkkkkkk Sério! Imagina se você fosse um imortal, o tormento que isto seria.
    A personagem feminina, além de quem seria a pessoa que traiu Jacques, são bons pontos de mistério para a trama, não sei se o desenvolvimento me agradaria, mas ainda fico com a impressão de que o assunto principal do livro (o traidor) fica de lado ou estou enganado? Pela resenha percebo que a minha linha de pensamento está certa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ed!

      Realmente Jacques quer sair estraçalhando tudo, mesmo!
      E sim, o assunto principal é o relacionamento dos dois personagens principais - com muita ação, mas a vingança fica em segundo plano.

      Beijos

      Excluir
  5. Eu estou muito curiosa para ler este livro, em relação ao machismo citado no ponto negativo, normalmente neste tipo de livro é quase impossível não haver este machismo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose!
      Pois é, o machismo impera em livros com estas temáticas, infelizmente.
      Beijos

      Excluir

Assine nosso Feed! Skoob! Siga-nos no Twitter! Facebook!