quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Durante 36 anos, Marcus Sullivan fora o irmão mais velho, ajudando a cuidar de seus sete irmãos após a morte do pai, quando ainda eram crianças. No entanto, quando o futuro prefeito que ele planejara para si próprio transforma-se em nada além de uma mentira, Marcus precisa de uma noite de loucura para se esquecer de tudo.
Nicole Harding é conhecida no mundo todo por apenas um nome, Nick, graças à sua música pop contagiante. No entanto, o que ninguém sabe sobre essa cantora de 25 anos é que sua imagem de símbolo sexual é totalmente falsa. Depois de ter sido terrivelmente traída por um homem que amava a fama mais do que a ela, jurou nunca mais deixar ninguém se aproximar a ponto de descobrir quem ela é... ou de magoá-la novamente. Principalmente aquele homem maravilhoso que Nicole conhecera em uma boate, ainda que o desejo e as promessas transgressoras em seus olhos negros a fizessem querer revelar todos os seus segredos.
Uma noite é tudo o que Nicole e Marcus concordam em compartilhar um com o outro. Contudo, nada acontece como o planejado...

Antes de falar sobre este livro, preciso comentar que ando em um momento de leitura constante deste tipo de romance – como já devem ter percebido. Então quando entrei na livraria (triste da vida, precisando fazer comprinhas) e vi Por um Momento Apenas, me alegrei na hora e agarrei meu exemplar.
Pois bem, o primeiro livro desta série da Bella Andre (Um Olhar de Amor) não me conquistou (ok, eu não fiz resenha, eu sei. Perdoem-me, não sei quando ou se farei), mas este já me fez olhar com outros olhos para os meninos Sullivans.
Já adianto uma coisa: não é necessário ler o primeiro livro da série para entender o segundo. Veja bem, é claro que é uma trama contínua de uma família, porém, cada livro traz a história de um dos irmãos Sullivan, deixando o leitor muito a vontade com as narrativas, de certa forma, isoladas. Mas te garanto que você vai querer saber um pouco mais sobre cada um dos 8 irmãos, certo? Sim, eu disse OITO irmãos! #Suspira

Marcus Sullivan é o mais velho de oito irmãos, tem 36 anos. Após a morte de seu pai, quando tinha 14 anos, ajudou sua mãe a cuidar de seus irmãos. Responsável é a palavra que o define. Em determinado dia pega sua namorada na cama com outro (o momento é terrível), então resolve sair e ir para uma boate “pegar” alguém somente por uma noite.
Nicole Harding, que atende pelo nome de Nick, é uma pop star conhecida mundialmente, que tem uma imagem pessoal diferente do que é realmente. Se sentindo sozinha e frustrada, resolve sair e ir para uma boate “pegar” alguém somente por uma noite (sim, a frase foi repetida intencionalmente, já que os dois saem com a mesma intenção).
Então é aí que os dois se encontram. A faísca acende rapidamente (e que faísca)! A atração é mútua e imediata. Eles mal conversam e já saem da boate para ter uma noitada daquelas. Porém, as coisas não acontecem conforme o planejado. Claro que eu não vou contar para vocês, já que se o fizesse, ia perder toda a graça. E que graça! Tem várias passagens onde eu ri muito.

E preciso dizer uma coisa: ao mesmo tempo em que Marcus é um cavalheiro, é um brutamonte. Quando ele resolve, é um insensível. Tive muita vontade de esganar ele em alguns momentos. Marcus, que de início se mostra um cara seguro, é vacilante em vários momentos. A idade é o maior peso para ele no seu argumento de não poder acontecer uma relação entre os dois (onde que 11 anos são de grande diferença?). Bem, claro que eu não concordo com o personagem, mas tenho que colocar que a autora soube destacar a questão de idade muito bem. Por mais que eu não concorde, muitas pessoas levam em consideração a diferença de idade – o que eu acho um desperdício de tempo, mas é minha humilde opinião, como já disse...
A parte principal da obra se passa em um tempo de 4 dias – ao final da obra o espaçamento de tempo é maior, mas o essencial acontece  neste primeiro tempo. Mas aí eu pergunto:
Amor em 4 dias? Não consigo acreditar que isso possa acontecer (minha opinião sobre o amor: leva tempo até que você aprenda a conviver e aceitar os defeitos da pessoa, estabelecer o respeito, confiança, admiração, companheirismo... Ainda mais se for com uma pessoa que você conhece há pouco. Ou seja, não acredito em amor a primeira vista, nem amor instantâneo). É claro que a paixão acontece em pouco tempo, já que é uma coisa mais de pele (ta aí, em paixão a primeira vista eu acredito). Mas os meninos Sullivans são impulsivos e sabem amar intensamente e rapidamente, ao que parece...

Uma das melhores coisas sobre a tradução foi que a editora Novo Conceito manteve as palavras sem se importar com a “censura”. É um livro para adultos? Ótimo, então ninguém vai se importar se vai ter palavrão. E não é puxar saco, é apenas o desabafo de alguém que lê muitos livros “adultos” com palavras medidas demais. Como diz o Marcus em muitas passagens: “Puta merda” (e não, isso não é “pesado”). Ou seja, é de acordo com o que a autora escreveu, e isso me gusta mucho – já que mantém a estrutura original!

Divagando: Estou cansada de ler as traduções amaciadas demais. O autor fala algo de forma “bruta” e a tradução querendo dar uma maneirada, coloca algumas palavras que acabam com o “tesão” da leitura. Obviamente, como eu disse antes, não foi o caso deste livro (ainda bem!).

As cenas de sexo são ótimas, com muito ritmo e interessantíssimas. Assim como as cenas de declarações e explosões emocionais. Como a obra é escrita em terceira pessoa, dando ênfase aos dois protagonistas de maneira alternada, fica muito fácil para o leitor acompanhar os sentimentos dos dois e tomar seu partido durante os acontecimentos (e por causa disso, falei com o livro muitas vezes. E não me chamem de louca!).
Mas não gostei de uma coisa: no original, Nicole é Nicola (isso fica claro ao lermos a capa do original). Ok, sei que o nome Nicole soa melhor, mas eu gosto muito da ideia de manter o mais original possível...

O livro tem ritmo e não toma muito tempo para a leitura, suas 272 páginas são muito leves e fáceis de ler.

Gostei muito. Mas olha, já dei uma olhadinha no próximo, e me parece melhor ainda... Desculpa Marcus, mas... Gabe aí vou eu!
Reações:

5 comentários:

  1. A literatura erótica não me atrai muito, gosto pessoal, mas leria a obra só a título de curiosidade. Acho que traduções que inserem eufemismos não deveriam ser adotadas, afinal o público alvo quer o material "puro". É muito estranho pensar que um adulto se sinta desconfortável com algumas palavras apropriadas para o contexto. É tão bizarro quanto adultos assistindo um filme romântico e se chocarem com uma cena de sexo. Parabéns pela resenha e bons suspiros...quer dizer...boas leituras!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha. =)
    Marcus chama mais atenção... haha, se bem que o Gabe já roubou o posto dele. hahaha
    Mocinho que merece uns tabefes são interessantes na literatura. Quanto ao nome da mocinha achei melhor com a modificação, não foi nada gritante.
    São seis rapazes e duas garotas da família, né?
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Aaaa livro da Bella, saga dos Sullivan! Eu estou louca pra ler o primeiro livro que a NC lançou, parece mais a minha cara, embora Por Um Momento Apenas pareça legal tbm. Que bom que a NC fez uma ótima tradução sem 'amaciar' a leitura. Eu fico tão revoltada quando leio um livro original ou numa legenda de série e eles falam um palavrão e fica como 'babaca' ou algo assim.. puff. Bella Andre está agradando os brasileiros! haha Acho que irei ter a série completa... ;)

    Beijocas!

    @mariapsalles

    ResponderExcluir
  4. hummmmmm parece bem legal!!!
    Li uma resenha da primeiro livro e também não achei muito interesante, não sei se leria o primeiro tbem.Esse segundo me pareceu melhor!

    Adoro romances, mas esse negocio de 4 dias tbem me deixa um pouco frustrada! Dificil ser assim né....
    Também gostei da parte da tradução! Acho importantissimo ser mais fiel ao conteudo original!

    bjos Came!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Meus Sullivans <3
    Sabe q o livro deles me agradou mtoo! Claro que concordo cm vc sobre o "amor instantâneo" mas como parece ser algo "comum" pros livros da autora (pelo menos dos Sullivans) eu me acostumei =D
    Esses irmãos são uma coisa, vc lê um e quer ler e saber como vai ser a história de todos!!!

    ResponderExcluir

Assine nosso Feed! Skoob! Siga-nos no Twitter! Facebook!