terça-feira, 27 de setembro de 2011





Sinopse:


Será ele o inimigo... ou o homem que salvará sua vida?


Shay é a última de sua espécie. Seu sangue é um afrodisíaco para os vampiros, que o consideram mais precioso que ouro. Mas uma maldição a leva a ser vendida num leilão de escravos, e seu destino se torna incerto...
Viper, o carismático chefe de um perigoso clã de vampiros, não consegue explicar o desejo irrefreável de possuir a bela mulher que um dia salvou sua vida. Agora ele está livre para fazer com ela o que quiser, mas, por mais que deseje Shay, ele quer que ela se entregue por livre e espontânea vontade...
Um mal oculto parece perseguir Shay desde que ela deixou o mercado de escravos ao lado de Viper, um mal que põe em perigo a existência de toda a espécie dos vampiros, e não faz sentido ele correr tamanho risco apenas para ficar com ela. Mas o amor que sente por Shay é suficiente para fazer Viper ir até o inferno e voltar, se isso significar tê-la em seus braços por toda a eternidade...



Como comecei ontem falando sobre o primeiro volume desta saga, e me sinto na obrigação de continuar!

Ontem dei uma olhada de leve nos volumes dois e três da coleção que tenho em minha casa, apenas para não deixar escapar detalhes ou confundir as histórias. Mais uma vez, sem revelações sobre o enredo.

Bem, o segundo volume da coleção conta a história da shallot Shay e o vampiro Viper (e gostaria de pausar um momento, dizendo que este Viper é o meu predileto entre todos os vampiros já escritos na literatura. Ele é quente, poeta, inteligente, guerreiro e possui a melhor qualidade, não impõe nada a sua amada, deixa sempre a sua escolha. Mas eu divago!). Assim como no primeiro livro, a autora continua a escrever de forma simples, direta, sem um ponto de vista fixo como referência (o que é muito bom), além de as coisas continuarem muito picantes!!!
Nesta obra, Alexandra Ivy coloca uma história amorosa, amigável e valente; todos os elementos ao mesmo tempo. O leitor se coloca no lugar dos protagonistas, sente as aflições, as emoções, as contradições que passam por suas cabeças.
Com os personagens muito bem descritos, e uma trama envolvente, a autora amarra o leitor até o final, e não há, em nenhum momento, vontade alguma de parar de ler a saga – e digo a saga e não apenas o livro!
Obra que me conquistou de imediato – apenas não tive tempo de resenhá-la antes!

Digo, com certeza total, que vale a pena ler!
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Assine nosso Feed! Skoob! Siga-nos no Twitter! Facebook!